domingo, 22 de julho de 2012

Done...

Acabei de fazer um colarzinho... zinho mesmo! Usei uma linha mais fina do que pedia a receita e agora ele serve ou para uma menininha ou para bracelete! Menos mal já que vai ser de alguma serventia, né mesmo?
Espero que apreciem pois como sabem, estou ainda aprendendo. E já estou pronta prá começar outra peça. Não dizem que a prática leva à perfeição? Então vou praticando (A practicar! como diz a Karen do blog Entrelanzaderas e que é uma mestra no quesito frivolité/tatting!)... O modelo é do livro Easy Tatting, de Rozella F. Linden, e como o título anuncia é realmente bem fácil. Até eu consegui (risos)!
Digam-me o que acharam. Comentários serão bem-vindos!






4 comentários:

  1. Respostas
    1. Obrigada pela visita Vanessa. Apareça quando quiser!

      Excluir
  2. Fátima querida
    Obrigada pela visita e pelas palavras carinhosas.
    Eu não fiz frioleira... não! Ainda não me aventurei!
    Sabes, tenho uma tira de frioleira feita pela minha avó (imagina os anos que tem... uns 70!!!) e ainda não a utilizei. Por isso não estou com muita pressa de aprender! Um dia...
    Fiz botas de lã para a minha mãe, para os 7 netos e mais 1 amiguinho.
    Agora comecei um centro de mesa em hardanger, para oferecer, mas interrompi para fazer gorros para as crianças da oncologia do Hospital Pediátrico, aqui de Coimbra. É um projeto muito interessante, que me toca muito: 1º. porque se trata de crianças em sofrimento; 2º. porque eu também tive um problema oncológico, há 10 anos, fiz quimioterapia e sei o sofrimento por que estas inocentes crianças estão a passar.
    Um bom ano para ti, com muita saúde.
    Teresinha

    ResponderExcluir

Oi! Seja bem-vindo(a)! Obrigada por sua visita. Se gostou ou achou algo interessante, deixe aqui seu comentário.

Translate

Seguidores